M de mulher, M de medo

Na semana passada recebi dois convites. Convite um: uma amiga muito querida, que é maquiadora profissional, precisava de uma modelo e fez a gentileza de me chamar. Fiquei bastante empolgada com a ideia de poder ajudá-la. Convite dois: fui chamada por alguns colegas de trabalho para acompanhar um projeto na qual estamos trabalhando. Me sentiContinuar lendo “M de mulher, M de medo”

A gente aceita o que acredita merecer

A frase original “nós aceitamos o amor que achamos merecer” é do livro (que se tornou filme) As Vantagens de Ser Invisível, do autor Stephen Chbosky. Não estou aqui para falar do livro ou de amor. Esse texto é para falar sobre os momentos em que a gente aceita pouco, porque acredita que essa éContinuar lendo “A gente aceita o que acredita merecer”

Não existe pessoa certa, existem pessoas que fazem dar certo

Não existe ninguém perfeito. Existe alguém que tem consciência do quão imperfeito todos somos. Não existe príncipe/princesa encantado(a). Existem pessoas comuns que se esforçam para colocar um pouco de beleza na rotina e encanto no dia a dia. Não existe alma gêmea. Existe conexão, vínculo, união, afinidade, ligação. Não existe alguém que te complete. ExisteContinuar lendo “Não existe pessoa certa, existem pessoas que fazem dar certo”

Pandemia coloca à prova uma das tarefas mais difíceis do mundo: liderar

Homens e mulheres que lideram empresas e pessoas, pais e mães que lideram suas casas, professores e diretores que lideram suas escolas, presidentes e governantes que lideram seus países, dentre tantos outros exemplos, estão sendo testados diariamente. Home Office, desligamentos, isolamento social, quarentena, o novo normal. Tudo novo para todos. Os bons líderes, os verdadeirosContinuar lendo “Pandemia coloca à prova uma das tarefas mais difíceis do mundo: liderar”

Carta para o amor que ainda não chegou

Não sei se você vai receber esta carta. Não sei se você vai recebê-la, justamente porque ainda não sei quem você é. Não conheço a profundidade dos teus olhos, não sei qual o tom da sua pele. Não sei qual a cor do seu cabelo, ou o sabor da sua boca. Não sei qual aContinuar lendo “Carta para o amor que ainda não chegou”

Um mês do blog Antifrágil: descobertas e aprendizados

Quando decidi criar o blog Antifrágil, tudo o que eu tinha (até então) era o desejo de escrever e dividir sentimentos e ideias com as pessoas. No mês anterior ao dia do lançamento, me preparei da melhor forma que pude. Fiz cursos, entendi como funcionava a plataforma, criei um Instagram profissional, uma conta de e-mailContinuar lendo “Um mês do blog Antifrágil: descobertas e aprendizados”

Coisas que aprendi com meu pai

Meu pai não é um homem de muitas palavras. Apesar disso, cresci ouvindo-o repetir algumas pensamentos que marcaram minha infância, adolescência e vida adulta. Frases que, muitas vezes, me causavam certo desconforto e que eu não necessariamente concordava, mas que, de um jeito ou de outro, me ensinaram. “Nem tudo é como a gente quer”Continuar lendo “Coisas que aprendi com meu pai”

Ansiedade: o monstrinho em cima da cama

Histórias infantis retratam monstros que se escondem embaixo da cama das crianças. Bem, eu sou adulta e diria que meu malvado (nada) favorito, é tão ousado que fica em cima da cama. Na verdade, ela é tão audaciosa que me segue pelos cômodos da casa. E, antes da quarentena, a danada até chegava a passearContinuar lendo “Ansiedade: o monstrinho em cima da cama”