Coisas que aprendi com meu pai

Meu pai não é um homem de muitas palavras. Apesar disso, cresci ouvindo-o repetir algumas pensamentos que marcaram minha infância, adolescência e vida adulta. Frases que, muitas vezes, me causavam certo desconforto e que eu não necessariamente concordava, mas que, de um jeito ou de outro, me ensinaram. “Nem tudo é como a gente quer”Continuar lendo “Coisas que aprendi com meu pai”

Ansiedade: o monstrinho em cima da cama

Histórias infantis retratam monstros que se escondem embaixo da cama das crianças. Bem, eu sou adulta e diria que meu malvado (nada) favorito, é tão ousado que fica em cima da cama. Na verdade, ela é tão audaciosa que me segue pelos cômodos da casa. E, antes da quarentena, a danada até chegava a passearContinuar lendo “Ansiedade: o monstrinho em cima da cama”

Sobre entender que a vida vai dando certo aos poucos

Algumas vezes tenho a impressão de que estamos numa eterna (e diária) corrida contra o tempo. A gente nasce e logo nos estimulam a falar, andar. A gente vai para a escolinha aprender a ler e escrever. A gente passa pela escola, aprende a fazer amigos. A gente sai da escola e precisa escolher umContinuar lendo “Sobre entender que a vida vai dando certo aos poucos”

Falta de engajamento dos colaboradores é atestado de ruína das empresas

“Ninguém fica num local apenas por causa do salário, mas a sua permanência é também pela capacidade de enxergar a finalidade positiva do que faz, do reconhecimento que obtém, do bem estar que sente quando seu trabalho é valorizado e se percebe ali a possibilidade de futuro conjunto“ Mário Sérgio Cortella Um problema de todosContinuar lendo “Falta de engajamento dos colaboradores é atestado de ruína das empresas”

10 verdades (que ninguém te conta) sobre ser escritor

Cresci lendo e escrevendo livros. Ao longo de minha infância e adolescência, ler livros era um hobby e escrever livros era minha paixão. Levando em consideração a pouca idade, eu não escrevia para ganhar dinheiro. Nunca escrevi com o objetivo de ficar famosa. O que eu queria era fazer a diferença na vida das pessoasContinuar lendo “10 verdades (que ninguém te conta) sobre ser escritor”

Relato de uma escritora

Eu tinha dez anos quando escrevi meu primeiro livro. Ele tinha cem páginas e foi todo escrito a mão. Eu escrevia um capítulo, minha amiga escrevia outro em sequência e uma terceira amiga ilustrava os trechos que mereciam destaque. A ideia surgiu após uma atividade comum. Quem nunca, em tempos de escola, teve que “continuarContinuar lendo “Relato de uma escritora”

O que você faria se não tivesse medo?

Essa semana eu tive a oportunidade de refletir sobre um assunto comum a todas as pessoas. Independente da idade, gênero, classe social, independente do momento de vida, do tempo que cada um de nós está, todos conhecemos esse sentimento: Medo O medo tem muitas formas e formatos, muitas maneiras de se apresentar e manifestar. TambémContinuar lendo “O que você faria se não tivesse medo?”

Nada representa melhor a vida do que o tempo

E quando uso a palavra tempo, não me refiro ao tempo, esse senhor misterioso, dono dos relógios e ponteiros, senhor dos segundos, minutos e horas, soberano da vida. Quando digo tempo me refiro ao estado atmosférico. Importante esclarecer que tempo se difere de clima. Tempo, por definição, é um estado momentâneo das condições atmosféricas. Clima,Continuar lendo “Nada representa melhor a vida do que o tempo”

Dom. Missão. Propósito. – Entenda como e por que essas três palavras estão transformando o nosso modo de viver e trabalhar

O homem e o trabalho, o trabalho e o homem O trabalho, durante muitos anos, foi compreendido como o provedor. Como aquele que paga as contas no final do mês, como aquele que nos permite adquirir bem materiais. O empenho no trabalho era a forma de se conquistar altos cargos, elevados salários. O trabalho possibilitavaContinuar lendo “Dom. Missão. Propósito. – Entenda como e por que essas três palavras estão transformando o nosso modo de viver e trabalhar”